Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \18\-03:00 2020


O grupo de formação continuada de professores de Ciências e Biologia do CAp-UFRJ produziu materiais didáticos sobre a COVID-19 e esse momento que estamos vivendo. Está disponível em nosso blog, Confira: https://comptboaspraticas.blogspot.com/. Visite também nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/compartilhandocapufrj/

123Infodemia – Boas Práticas

Read Full Post »


Veja como adaptar teoria e exercícios que envolvam as representações dos modelos de gases reais e ideais em físico-química.

Química acessível

Caro professor regente ou de sala AEE (sala de recursos):
Utilizamos algumas representações de modelos para estudos envolvendo os gases ideais e reais, para Nível Médio mais para gases ideias.
Alguns tópicos da físico-química envolvem essas representações realistas, imagéticas que são de fácil compreensão dos alunos com deficiência, quando utilizados.
Veja exemplos de algumas que são bastante úteis para adaptar textos e exercícios para seus alunos:
Para os gases usamos esquemas de bolas: cada tipo de átomo é uma bola de tamanho e cor diferente, como abaixo mostro:
image
Esses gases podem ser representados em recipientes fechados ou abertos, dependendo da situação, como cubas (figura quadrada), ver imagem abaixo:
image (1)
Ou ainda, em reações químicas, tal como a imagem ilustrativa a seguir:
image (2)image (3)image (4)image (5)
Quanto à linguagem: o mais resumida possível, o vocabulário mais simples que puder, pois quanto mais resumidinho e simples mais estaremos respeitando o princípio do desenho universal, ok?
Acredito que…

Ver o post original 43 mais palavras

Read Full Post »


3101

A coleção “O Conhecimento Científico na Química” é uma obra que tem como foco principal a discussão e divulgação científica por meio de trabalhos com diferentes funcionalidades que compõe seus capítulos. A coleção abordará de forma categorizada trabalhos, pesquisas que transitam nos vários caminhos da química de forma aplicada, contextualizada e didática.

O objetivo central foi apresentar de forma categorizada e clara estudos correlacionados a identificação de inibidores do vírus do Zika; caracterização/análise química e antioxidante de plantas com forte potencial de ser aplicado como antioxidante comercial; desenvolvimento de emulsões de maior estabilidade; pesquisas associadas a característica e aplicação da técnica de Raios-X; estudos que exploram propriedades dos óleos essenciais; apresentação de métodos concordantes com os princípios da química verde e metodologia no ensino da química desenvolvidos em diversas instituições de ensino e pesquisa do país. Em todos esses trabalhos a linha condutora foi o aspecto relacionado à caracterização, aplicação, otimização de procedimentos e metodologias, dentre outras abordagens importantes na área de química, ensino e engenharia química. O avanço das pesquisas e divulgação dos resultados tem sido um fator importante para o desenvolvimento do conhecimento científico na química.

Temas diversos e interessantes são, deste modo, discutidos aqui com a proposta de fundamentar o conhecimento de acadêmicos, mestres e todos aqueles que de alguma forma se interessam pela área de química tecnológica, bacharel e licenciatura. Possuir um material que demonstre evolução de diferentes metodologias, abordagens, aplicações de processos, caracterização com diferentes técnicas (microscopia, titulação, espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier e raios-X) substanciais é muito relevante, assim como abordar temas atuais e de interesse tanto no meio acadêmico como social.

Deste modo a obra “O Conhecimento Científico na Química” apresenta estudos fundamentados nos resultados práticos obtidos pelos diversos professores e acadêmicos que arduamente desenvolveram seus trabalhos que aqui serão apresentados de maneira concisa e didática. Sabemos o quão importante é a divulgação científica por meio da publicação de trabalhos, por isso evidenciamos também a estrutura da Atena Editora capaz de oferecer uma plataforma consolidada e confiável para estes pesquisadores explorarem e divulgarem seus resultados.

Jéssica Verger Nardeli

O Conhecimento Científico na Química

DOI: 10.22533/at.ed.867200204

ISBN: 978-65-86002-86-7

PALAVRAS CHAVE: 1.QUÍMICA – PESQUISA – BRASIL. I. NARDELI, JÉSSICA VERGER.

ANO: 2020

 

Read Full Post »


91925138_149077569941255_8001629161707798528_o

BAIXE A PUBLICAÇÃO​

Tradução e adaptação do material do “Coronavirus disease (COVID-19) advice for the public: Myth busters” (link), da World Health Organization (Organização Mundial de Saúde) – WHO, para a língua portuguesa, por Mariana D. Ribeiro e Maria Júlia M. Antunes. Revisão: Professoras Sonia Vasconcelos e Martha Sorenson. Apoio técnico: Fábio R. Alencar. Laboratório de Ética em Pesquisa, Comunicação Científica e Sociedade (LECCS), Programa de Educação, Gestão e Difusão em Biociências – Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis (IBqM), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). http://www.leccs.bioqmed.ufrj.br/novo-coronavirus

Read Full Post »


Quer um roteiro acessível para ensinar ao seu filho ou aluno com deficiência a diluir álcool 96º ao álcool 70%? Um detalhe: nunca deixe seu filho ou aluno com deficiência manusear sozinho tais produtos químicos, mesmo que pareçam inofensivos. O álcool é um produto INFLAMÁVEL! CUIDADO!

Química acessível

Baixe o roteiro aqui: Como fazer álcool 70 para PcD

Será que um aluno ou filho com deficiência pode mexer com produtos químicos?

Lógico que pode, desde que com alguém responsável perto, com cuidado tudo pode.

É preciso muito cuidado com qualquer chama perto ao se manipular o álcool, porém resguardados das chamas e calor, quem manipula o álcool comercial pode ter benefícios desinfetantes imprescindíveis.

O legal é que a pessoa com deficiência terá noção sempre que pegar no álcool que ele é inflamável e vai ter cuidado de pegar sempre com alguém e nunca perto de fogões ou churrasqueiras, por exemplo.

É preciso sempre alertar para o perigo e repetir várias vezes, além de não deixar o álcool no alcance deles.

Porém, aprender a fazer é interessante para qualquer aluno com ou sem deficiência.

Quer um protocolo acessível de como diluir álcool 96° ao 70%?👍
Obs.: Nunca…

Ver o post original 28 mais palavras

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: